I Jornadas Ensino do Empreendedorismo em Portugal

Em Portugal, a Educação do Empreendedorismo é uma área relativamente nova em todos os graus de ensino. O primeiro curso realizado remonta a 1992 (Redford, 2006) e desde esse momento que a oferta formativa na área do empreendedorismo cresceu exponencialmente, fazendo actualmente parte dos programas dos vários graus de ensino, da maioria das instituições de ensino superior nacionais e em algumas instituições de ensino de ensino básico e secundário.

Apesar do crescente interesse e proliferação de cursos e unidades curriculares, o ensino do empreendedorismo pode, em termos figurativos, ser comparado a uma caixa negra, dada a pouca uniformidade de objectivos pedagógicos, conteúdo e abordagem entre os programas e cursos (Falk e Alberti (2000); Hills (1988); McMullan and Long (1987); Sexton and Bowman (1984); Vesper, McMullan, and Ray (1989)).

Segundo Hannon (2005) é possível identificar três abordagens diferentes no ensino do empreendedorismo que contribuem para a variedade de programas curriculares, desde uma perspectiva mais tradicional e teórica acerca do tema (educação em empreendedorismo), passando por outra mais prática e contundente à constituição de novas empresas (educação para o empreendedorismo) e, no outro extremo, à prática empreendedora transposta para o quotidiano (educação através do empreendedorismo).

Para além da grande variedade de programas, a análise do impacto é um processo complexo, pois os resultados positivos obtidos por um programa dificilmente podem ser transpostos para outros contextos, devido a variações do conteúdo, metodologias pedagógicas e de aprendizagem utilizadas (Peterman & Kennedy, 2003). Um estudo realizado a nível europeu sobre as práticas pedagógicas nesta área revela que a grande maioria dos curricula e do material pedagógico utilizado são desenvolvidos in-house, sendo muito reduzida a partilha de boas-práticas entre instituições de ensino superior (NIRAS Consultants, 2008).

No sentido de inverter esta tendência, as primeiras Jornadas Ensino do Empreendedorismo em Portugal pretendem promover o debate e a partilha de boas práticas entre docentes e investigadores com interesse na área do ensino do empreendedorismo, com o intuito de promover a melhoria de competências dos docentes, assim como a melhoria da qualidade e impacto no ensino do empreendedorismo.

Pretende-se, ainda, contribuir para a redução de barreiras culturais e estruturais que possam existir ao nível das instituições e que têm comprometido a implementação de novos métodos de ensino não tradicionais, onde a experimentação e a prática assumem um papel preponderante e o docente adopta o papel de mentor do processo de aprendizagem.

Este evento está organizado em torno do tema central do ensino do empreendedorismo em Portugal e dividida nos seguintes subtópicos:

  • Métodos e metodologias de ensino do empreendedorismo
  • Multidisciplinariedade no ensino do empreendedorismo
  • Universidades empreendedoras
  • Redes sociais no ensino do empreendedorismo
  • Medindo o impacto do ensino do empreendedorismo

Convida-se a comunidade académica a apresentar trabalhos de investigação empírica ou teórica, casos de estudo ou trabalhos de campo na área do ensino do empreendedorismo. Os trabalhos seleccionados serão publicados em formato livro.

Data: 8 Abril de 2015

Programa Preliminar 

09.00 – 09.30 Recepção aos participantes
09.30 – 10.00 Abertura
10.00 – 11.00 Sessão plenária
11.00 – 12.30 Sessões Paralelas
12.30 – 14.00 Almoço
14.00 – 15.00 Sessão plenária
15.00 – 16.30 Sessões Paralelas
16.30 – 17.00 Apresentação conclusões (rapporteurs)
17.00 – 17.30 Encerramento da sessão

 

Referências

Hannon, P. D. (2005). Philosophies of enterprise and enterpreneurship education and challenges of higher education in the UK. International Jornal of Entrepreneurship and Innovation 6(2), 105-114.

Hills, G. E. (1988). Variations in University entrepreneurship education: an empirical study of an evolving field. Journal of Business Venturing, 3(2), 109-122.

McMullan, W. E., & Long, W. A. (1987). Entrepreneurship education in the Nineties. Journal of Business Venturing, 2(3), 261-275.

NIRAS Consultants, F., ECON Pöyry (2008). Survey of entrepreneurship in higher education in Europe. In E. C. DG Enterprise and Industry (Ed.), Report for European Commission, Directorate-General for Enterprise and Industry.

Peterman, N. E., & Kennedy, J. (2003). Enterprise education: influencing students’ perceptions of entrepreneurship. Entrepreneurship Theory and Practice, 28(2), 129-144.

Redford, D. (2006). Entrepreneurship education in Portugal: 2004/2005 national survey. Comportamento Organizacional e Gestão, 12(1), 19-41.

Sexton, D. L., & Bowman, N. (1984). Entrepreneurship education: suggestions for increasing effectiveness. Journal of Small Business Management, 22(2), 18-26.

Vesper, K., McMullan, W. E., & Ray, D. M. (1989). Entrepreneurship education: more than just an adjustment to management education. International Small Business Journal, 8(1), 61-65.

 

jornadas.ipn.pt

Jornadas

Departamento de Valorização do Conhecimento e Inovação Instituto Pedro Nunes

Associação para a Inovação e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia

morada

Rua Pedro Nunes, 3030-199 Coimbra, Portugal


telefone

+351 239 700 300

co-financiamento
logoCompete logoQREN logoUE
Parceiros
logoIPN logoUC logoMinho logoAveiro logoEvora logoPorto